Numa tarde cinzenta, o Esperança recebia o Lusitano num jogo, esperado difícil, mas que só interessava a vitória.

Ainda nem um minuto de jogo havia e o Esperança inaugurou logo o marcador, por intermédio de Lino, colocando-se em vantagem. O Lusitano reagiu e esteve melhor durante a primeira parte conseguindo empatar perto do intervalo.

Na segunda parte, o Esperança reagiu e assumiu a vontade de ir para cima do adversário conseguindo assim marcar dois golos e passar a controlar o jogo. Os golos foram apontados por Lamine e Chico.

Flash Interview