O Esperança de Lagos empatou com o Quarteira SC a duas bolas, em jogo  da 22ª jornada da 1ª Divisão Distrital de Futebol do Algarve, disputada este Sábado, dia 24 de Fevereiro em Lagos.

Na última jornada da fase regular, o Esperança procurava vencer para conquistar mais três pontos e tentar aproximar dos lugares da frente. Por sua vez, o Quarteira SC só a vitória lhe interessava uma vez que com a conquista dos três pontos garantia um lugar nos seis primeiros.

Numa primeira parte com um futebol algo atabalhoado, foi a equipa do Quarteira SC  que entrou com ligeira ascendência na partida. Através de um futebol mais vertical e directo, o adversário foi criando alguns lances de perigo e acumulando faltas no meio campo da equipa do Esperança. Resultando desta entrada a todo o gás, num lance de bola parada junto da linha de meio campo, o adversário adianta-se no marcador apesar de existirem muitas dúvidas na posição regular de Diamantino, que desvia a bola para o fundo das redes.

Após o golo, o adversário baixou as suas linhas, abrandou a intensidade do seu jogo e quebrou muito o ritmo de jogo, enquanto a nossa equipa procurava reagir mas sem conseguir criar verdadeiras oportunidades  de golo.

Na segunda parte, o técnico Roberto faz duas substituições ao intervalo numa clara resposta de querer inverter o rumo do jogo. E, de facto, estas mudanças estratégicas deram à nossa equipa outra cara, com a formação de Lagos a começar a jogar à sua imagem, mostrando, tanto individual como colectivamente, a sua superioridade.

Com o empate à vista e logo nos minutos iniciais o Esperança vê um golo anulado a Tommy. Após consulta do video do jogo e tal como a foto demonstra, percebe-se, claramente, que o nosso jogador encontrava-se em posição legal, partindo atrás dos últimos defensores do Quarteira aquando do passe do colega de equipa.

Apesar disso, a equipa não se deixou ir abaixo e alguns minutos depois empata a partida fazendo justiça ao que se estava a passar nos instantes iniciais da segunda parte. Motivada pelo golo do empate, Teixeira é lançado em desmarcação e com o guarda redes pela frente, executa um belo remate fazendo o segundo golo para a equipa do Esperança. A esta altura do jogo, a nossa equipa já justificava a vantagem.

Este resultado empurrava o Quarteira SC  para a fase de descida, deixando os seus elementos algo perturbados e nervosos. Faltando apenas 10 minutos para o final, o adversário empata a partida novamente através de uma bola parada, num lance onde parece que Toco foi perturbado na sua saída. Contudo, a decisão da equipa de arbitragem é compreensível. Com os ânimos exaltados de parte a parte, com más decisões da equipa de arbitragem, os minutos finais foram electrizantes.

Já no tempo de descontos, o Quarteira marca um golo que é bem anulado pelo árbitro, embora o adversário já se tenha pronunciado sobre este  lance, reclamando legalidade, nós, após consulta, verificámos que existe falta sobre o nosso defensor (ver foto). Na sequência deste lance, o nosso guarda redes, executa rápido a falta, colocando um jogador nosso completamente isolado na frente ao guarda redes adversário mas o árbitro não deixou prosseguir o lance alegando que a bola estava em movimento. Decisão que causou muita polémica.

Em suma, um jogo agradável entre duas boas equipas, onde na segunda parte, a nossa equipa fez o suficiente para ganhar mas somando apenas um ponto.

 

 

Flash Treinador Roberto Alberto

 

 

Antevisão Cristiano Toco